Reforma da Previdência também irá atingir jovens trabalhadores | Portal
08/02/19 14:37

Reforma da Previdência também irá atingir jovens trabalhadores

 

carteira de trab.jpg

O governo Bolsonaro movimenta novamente suas estratégias para prejudicar ainda mais milhões de trabalhadores. Como se não bastasse as mudanças da Reforma da Previdência, alteração à idade mínima para se aposentar, aumento do tempo de contribuição e capitalização individual, agora, o foco é retirar direitos dos jovens iniciantes no mercado de trabalho.

De acordo com informações divulgadas pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, a proposta da Reforma da Previdência permitirá aos jovens optarem por dois tipos de carteira de trabalho. A escolha será entre o modelo tradicional (azul), no qual mantém o ordenamento jurídico atual, ou o novo modelo (verde e amarelo) onde prevalece acordos individuais com empregados sobre a CLT, que desqualifica vários direitos dos trabalhadores.

Guedes ainda reforça que com a nova medida, o trabalhador terá que optar em ter direitos e não ter emprego ou possuir emprego, porém, menos direitos. Ou seja, tal proposta expõe o trabalhador ao mercado informal, à precariedade, e visa apenas interesses do empregador abrindo uma brecha para que as empresas possam escolher a condição de contratação.  

A proposta ainda será aprovada pelo Presidente da República e após a sua aprovação será enviada ao Congresso Nacional. “É um absurdo que queiram tirar tantos direitos dos trabalhadores. Outra vez seguimos prejudicados por esse governo esquartejador. Agora mais do que nunca não podemos deixar de lutar. Vamos nos manter unidos para que possamos combater essa reforma esdrúxula”, enfatiza Paulo Matileti, Presidente da APCEF/RJ.

 

Compartilhe