Mais uma da Diretoria da Caixa: Microcrédito nas mãos da iniciativa privada | Portal
21/01/19 13:26

Mais uma da Diretoria da Caixa: Microcrédito nas mãos da iniciativa privada

 

16329356.jpeg
A nova gestão da Caixa Econômica Federal já conduz mudanças na instituição, que serão anunciadas oficialmente no final de fevereiro. A primeira medida pretende viabilizar um pacote para aumentar o microcrédito no País, que atualmente é de R$ 4,9 bilhões, para o valor de R$ 30 bilhões em dez anos. Porém, segundo a matéria publicada pela Globo.com, a proposta será de criar uma empresa formada pelo Banco do Nordeste do Brasil (BNB) e uma de iniciativa privada, que seria responsável pelo programa, desconsiderando o fato da CEF ser um banco 100% público.

O objetivo da nova proposta é de utilizar a mesma estratégia realizada no Nordeste pelo BNB, líder nesse tipo de crédito, no qual permitiu empréstimos e acesso ao crédito para milhares de famílias de baixa renda, utilizando um modelo de operação que quebre barreiras da tradicional agência bancária e entre nas áreas mais pobres. A CEF também foca nas pessoas que ainda não possuem conta no banco.

O novo projeto poderá alcançar resultados positivos dando oportunidade para pessoas de baixa renda adquirirem empréstimos, entretanto o plano desqualifica o fato de a Caixa Econômica Federal ser um banco 100% público, haja visto que para ser colocado em prática, é necessário a fusão com uma empresa privada. “Vamos esperar para que esse planejamento realmente alcance as pessoas que precisam. Necessitamos que a CEF continue exercendo seu papel de banco 100% público, podendo viabilizar oportunidades para todos”, ressalta Paulo Matileti, Presidente da APCEF/RJ.

 

Compartilhe