Cobrar mais resultados é covardia. Privatizar é entreguismo! | Portal
14/05/18 15:41

Cobrar mais resultados é covardia. Privatizar é entreguismo!

Mane Garrincha.jpg

 

“Cobrar mais resultados dos empregados”. Essa é a justificativa da Caixa para reunir no próximo dia 16 de maio, no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília (DF), cerca de 6 mil gestores em um megaevento.

Sendo assim, ficam as perguntas:

- Será que para cobrar mais resultado é necessário todo esse “show”?
- Será que os dirigentes da empresa não sabem o quanto o quadro funcional já está sobrecarregado?
- Será que a direção da Caixa não tem números que indicam o quanto as excessivas cobranças fazem adoecer os trabalhadores que atuam cada vez mais em condições de trabalho precárias?

Para a APCEF/RJ SIM é a resposta para todas as perguntas. Consequentemente, não resta dúvida de que o propósito do evento é bem diferente da não menos repudiada justificativa usada pela empresa.

Assim, registramos que nossa entidade não é contra eventos promovidos pela Caixa que sejam de ordem festiva ou que visem a capacitação e desenvolvimento. Muito pelo contrário. Porém, o que a APCEF/RJ não concorda é que determinadas ações sejam ardilosamente promovidas com a exigência da presença de cerca de seis mil gestores.

Outro ponto que merece reflexão: enquanto a os gestores participam do megaevento, os empregados que os substituirão terão que lidar com sobrecargas de trabalho da função sem qualquer remuneração extra por tal trabalho.

Está na cara que o evento em questão é mais uma artimanha desse governo Temer golpista para oxigenar a sua nefasta política entreguista e privatizante. Nós dizemos NÃO à privatização da Caixa e não abrimos mão em continuar na luta pela manutenção da Caixa 100% pública.

Paulo Matileti
Presidente da APCEF/RJ - Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal

 

Compartilhe