Após muita luta novo edifício Sede da Caixa é inaugurado no Centro do Rio | Portal
30/11/18 11:35

Após muita luta novo edifício Sede da Caixa é inaugurado no Centro do Rio

IMG_3853.jpg

Mudança para o prédio Passeio Corporate foi conquistada após queda de braço com a Caixa e pressão das entidades associativas, movimento sindical e empregados da Caixa

Na tarde de quinta-feira, 29 de novembro, foi inaugurado o novo edifício Sede da Caixa Econômica Federal, no Rio de Janeiro. Em cerimônia fechada, a Diretoria da Caixa, Superintendentes e convidados puderam conhecer o novo espaço - que fica localizado na Rua das Marrecas, 20, Centro da cidade - onde serão instaladas as atividades que até a data de hoje são realizadas pelos empregados da CEF no prédio da Almirante Barroso (Barrosão).

A solenidade contou com a participação do presidente da Caixa, Nelson Antônio de Souza; do vice-presidente de Logística e Operações, Marcelo Campos Prata; da Superintendente Nacional Logística e Operações, Raquel Metaxa; do Presidente da APCEF/RJ e Vice-presidente do Sindicato dos Bancários, Paulo Matileti; Roberto Carlos, do Juri RJ; Fabrício Fernandes, Presidente das Associação dos Juízes Federais, além de Superintendentes das SRs e empregados do banco.

Logo no início, houve uma solenidade, onde o presidente da Caixa, Nelson Antônio, junto ao vice-presidente de logística da Caixa, Marcelo Prata e o presidente da APCEF/RJ, Paulo Matileti, puxaram uma fita de inauguração. Em seguida, foram apresentadas as dependências dos andares 16 e 17, onde estão localizadas algumas das muitas salas no prédio.

Convidado para participar do palco principal de inauguração, o presidente da APCEF/RJ, Paulo Matileti, iniciou seu discurso falando sobre a incansável luta das entidades associativas, sindicais e dos trabalhadores para que a Caixa cedesse e desistisse de transferir as atividades do Barrosão para um edifício na região do Porto Maravilha, local sem estrutura e que ofereceria alta periculosidade aos empregados da CEF.  

“Desde quando a direção da Caixa unilateralmente informou que transferiria as atividades da Barroso para um local “isolado”, a APCEF/RJ e o Sindicato dos Bancários iniciaram uma luta para impedir essa mudança. Criamos um abaixo assinado com apoio dos empregados e entregamos esse documento a direção da Caixa, que reavaliou a questão e depois cedeu à nossa pressão. O vice-presidente Marcelo Prata compreendeu a situação e foi feliz em oferecer opções de prédios em melhor localização. Fico feliz em ver que a Caixa optou por respeitar e preservar o bem-estar e segurança de seus empregados”, discursou Matileti.

Em seguida, o vice-presidente de logística da Caixa, Marcelo Prata, declarou algumas palavras em agradecimento às equipes e o presidente da Caixa, Nelson Antônio, finalizou o discurso. Na oportunidade, disse ainda que a Caixa Econômica Federal não será privatizada e que tal declaração partiu do presidente eleito Jair Bolsonaro, diretamente a ele, o que gerou muitos aplausos. Após a solenidade, houve um coquetel de inauguração.

A transferência das unidades começa já no início de dezembro, com término previsto para o segundo semestre de 2019. Mais de três mil e trezentos trabalhadores serão realocados para o novo edifício, entre os setores estão auditoria, Universidade Caixa, Agência Largo da Carioca, GIGOG, GIPES, GILOG, CICOC, Caixa Cultural, e outros.  

 

ENTENDA A MUDANÇA

Em novembro de 2017, a Caixa Economia anunciou que realizaria a transferência dos bancários de todos os setores do edifício Barrosão, no Centro do Rio, para um prédio que ficava há apenas 600 metros da comunidade da Providência, no Porto Maravilha. Perante a proposta absurda do banco, o Presidente da APCEF/RJ e Vice-presidente do Sindicato dos Bancários, Paulo Matileti, entregou ao presidente da Caixa à época Gilberto Occhi uma carta contra a saída dos funcionários do Barrosão. O documento pontuava que a mudança oferecia riscos diários aos trabalhadores em decorrência da falta de estrutura e da conhecida violência na região.

Após o encontro, foi ainda providenciado um abaixo assinado com a participação dos empregados para que não houvesse a mudança. Depois de meses de entrave com o banco e luta das entidades associativas e sindicais, a direção da Caixa realizou uma reunião o dia 23 de julho deste ano, no auditório do Barrosão, com a presença da Superintendente Nacional Logística e Operações, Raquel Metaxa, do Vice-presidente de Pessoas, Marcos Jacinto e do Vice-presidente de Logística e Operações, Marcelo Campos Prata, para anunciar que as atividades seriam transferidas para o prédio Passeio Corporate, que fica próximo à bairro da Lapa e um local mais seguro e que apresenta melhor mobilidade.

IMG_3842.jpg

IMG_3825.jpg

IMG_3819.jpg

IMG_3806.jpg

IMG_3919.jpg

IMG_3895.jpg

IMG_3898 copia.jpg

IMG_3927.jpg

IMG_3863.jpg

IMG_3873.jpg

IMG_3874.jpg

IMG_3881.jpg

IMG_3879.jpg

IMG_3891.jpg

IMG_3913.jpg

IMG_3929.jpg

IMG_3949.jpg

IMG_3955.jpg

IMG_3959.jpg

IMG_3986.jpg

IMG_3992.jpg

IMG_3987.jpg

IMG_4004.jpg

Compartilhe