Absurdo! Caixa não deposita valor total da PLR dos empregados | Portal
10/09/18 14:34

Absurdo! Caixa não deposita valor total da PLR dos empregados

 

restante da PLR.jpg

A CEF pagou de forma indevida a PLR (Participação nos Lucros e Resultados) dos empregados do banco na semana passada. O adiantamento da 1ª parcela da PLR foi parcial, equivalente a 70% do valor. E aos trabalhadores que pagam pensão alimentícia, foram pagos apenas a metade do valor a ser recebido. Segundo informações da Caixa, o valor será completado até o dia 20 deste mês.

A negligência da Caixa em realizar o pagamento incorreto da PLR traz um quadro de incertezas para os trabalhadores, sobretudo, por se tratar de um benefício fundamental para a manutenção da qualidade de vida financeira dos funcionários do banco. Com isso, a CEF prejudica fortemente o planejamento de milhares de empregados da Caixa, que são vítimas da irresponsabilidade da instituição.

O valor total foi calculado proporcionalmente aos dias trabalhados em 2018, conforme a RB (Remuneração Base) do empregado vigente em 1º de setembro, composta pela PLR e PLR Social. A parcela da PLR é a soma básica de 90% da RB vigente em 01/09/2018 com valor fixo de R$ 2.355,76, limitado a R$ 12.637,50. Já a parcela adicional é composta por 2,2% do lucro líquido, dividido pelo número total de empregados elegíveis, em partes iguais, até o limite individual de R$ 4.711,52. A PLR Social corresponde a 4% do lucro líquido que será distribuído proporcionalmente aos bancários referente aos dias trabalhados em 2018.

“É de uma irresponsabilidade sem tamanho o adiantamento parcial da PLR dos empregados da Caixa. O banco assegurou o pagamento, mas não foi citado em momento algum que não seria total. E as pessoas que dependiam do valor integral, como ficam? A falta de comunicação da CEF com os trabalhadores é um problema que precisa ser resolvido”, disse o Presidente da APCEF/RJ, Paulo Matileti.

 

Compartilhe