5 de julho é dia de defender as empresas públicas e a soberania nacional | Portal
04/07/18 10:15

5 de julho é dia de defender as empresas públicas e a soberania nacional

defender as empresas publicas.jpg

Como forma de pressionar o governo contra as nefastas políticas de privatização promovidas por Temer e companhia, os empregados da Caixa unificados aos trabalhadores das estatais, sindicatos, federações e movimentos associativos participarão amanhã, 5 de julho, do Dia Nacional em Defesa das Empresas Públicas e Soberania Nacional. No Rio de Janeiro, a mobilização acontecerá às 12h, em frente ao prédio na Caixa (Barrosão), no Centro da cidade.

As estatais e empresas de economia mista que têm a União como acionista majoritária vêm sendo atacadas pela política de desestatização do governo Temer. E como se não bastasse os absurdos que vêm sendo promovidos, ontem, 3 de julho, a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara aprovou um projeto que proíbe os ministros do STF de suspender leis, de forma individual.

A “represália” veio após o ministro Ricardo Lewandowski ter atendido um pedido da Fenae e Contraf-CUT, concedendo liminar provisória que impede o governo de vender o controle acionário das estatais e empresas de economia mista sem autorização do Legislativo. A decisão inclui também subsidiárias e controladas das estatais, além de abranger as esferas estadual e municipal da administração pública.

“A deliberação individual do ministro do STF criou ainda mais obstáculos para a venda do controle acionário das empresas estatais. Notando que ficaria impedido em dar andamento a sua inescrupulosa política de privatização, esse governo ilegítimo criou mais uma artimanha para vender o patrimônio nacional. Por isso companheiros, precisamos, mais uma vez, estarmos unidos contra esses ataques. A Caixa e as empresas públicas estão sob forte ameaça e somente com unidade podemos pressionar esse governo. Vamos à luta dia 5 de julho”, convoca o Presidente da APCEF/RJ, Paulo Matileti.

Compartilhe