24 de janeiro: mais do que celebrar é preciso lutar em defesa dos aposentados | Portal
24/01/19 12:13

24 de janeiro: mais do que celebrar é preciso lutar em defesa dos aposentados

dia do aposentado.jpg

Hoje, 24 de janeiro, comemora-se o Dia Nacional dos Aposentados. Contudo, em meio aos constantes ataques aos direitos dos beneficiários e ações que visam dilacerar a Previdência Social, mais do que homenagear os que colaboraram com o desenvolvimento do País, é preciso fortalecer a luta e o debate em defesa das aposentadorias dos brasileiros.

Direitos que antes eram sólidos estão sofrendo sérios ataques com uma ameaçadora e sigilosa Reforma da Previdência, que o governo Bolsonaro pretende encaminhar ao Congresso Nacional nos próximos dias. Enquanto não apresenta uma proposta concreta sobre as novas mudanças no sistema de aposentadorias, o novo governo exibe medidas provisórias que dilaceram as regras de concessão de pensão por morte e aumentam os prazos de carência para a obtenção de benefícios. Na surdina, e aos poucos, direitos vão sendo veementemente talhados e extirpados.

Bolsonaro e companhia querem ainda alterações nas regras da idade mínima para aposentadoria, sendo 65 anos para homens e 62 para mulheres, desconsiderando as diferenças existentes entre os trabalhadores de diversas regiões ou que atuam em atividades divergentes. Isso sem contar ainda a questão da resolução CGPAR 25, que visa acabar com as aposentadorias e os fundos de pensão.

O Presidente da APCEF/RJ, Paulo Matileti, parabeniza a todos os aposentados do Brasil, sobretudo, os da Caixa Econômica Federal, que trabalharam anos de suas vidas para fortalecimento de um dos mais importantes bancos públicos do País. No entanto, ele pede que a mobilização contra a retirada de direitos da categoria seja intensificada. “Congratulo todos os aposentados por essa data tão especial. Foi o esforço e empenho de vocês que fizeram a Caixa ser essa empresa grandiosa e centenária. Mas o momento não é só de comemoração, é preciso manter a luta e resistência em defesa das aposentadorias e da Funcef. Vamos em frente!”, convoca Matileti.

Compartilhe